Estudantes de Medicina da UNIPAC Araguari recebem certificado de Melhor Trabalho no 43º ECEM



As alunas Mariana Moreira Soares de Sá, Monalise Rodrigues Siracava, Michelly de Almeida Aragão, Pamella Wander e a professora Líbera Helena Ribeiro Fagundes Souza foram premiadas no 43º Encontro Científico de Estudantes de Medicina (ECEM), que ocorreu entre os dias 21 e 28 de julho, em Belém do Pará. O trabalho “Relato de Experiência: Realização de sala de espera na UBS Santa Helena, do município de Araguari-MG para a prevenção dos cânceres de colo de útero e de mama” foi apresentado pela aluna Mariana Moreira Soares de Sá e recebeu a premiação de Melhor Trabalho, ficando em primeiro lugar na modalidade Apresentação Oral do eixo de trabalho Saúde Coletiva. 

De acordo com a estudante Mariana Moreira, o encontro englobou diversos temas da área da saúde e também de política em geral, incluindo a discussão de medidas avaliadas pelo governo, contexto social, saúde no Brasil vinculada ao Sistema Único de Saúde (SUS) e outros. Os trabalhos apresentados no evento foram relacionados principalmente à atenção primária no formato de debates, reuniões, painéis, oficinas e conferências. As apresentações orais ocorreram durante a manhã do dia 24. “Os trabalhos eram avaliados pelos doutorandos da Universidade do Estado do Pará (UEPA). O meu grupo conseguiu apresentar dois pôsteres e uma apresentação oral que recebeu o prêmio de primeiro lugar. Nosso projeto é um trabalho de extensão desenvolvido na Faculdade nos 5º e 6º períodos, orientado pela professora Líbera. É um trabalho criativo com o intuito de proporcionar melhor qualidade de atendimentopara os pacientes e otimizar as consultas, que não seriam apenas dentro do consultório. O paciente, enquanto aguarda ser atendido, teria a oportunidade de conhecer e receber informações que às vezes ele não teria durante a consulta. Em nosso projeto explicamos a dinâmica do câncer de mama e de colo de útero. Acredito que ganhamos o primeiro lugar pela iniciativa e criatividade. Inclusive, eles afirmaram que querem adotar o projeto nas Unidades Básicas de Saúde”, explica.

Além do trabalho na modalidade oral, as estudantes Mariana Moreira Soares de Sá, Lara Valim, Monalise Rodrigues Siracava e Michelly de Almeida Aragão, expuseram dois trabalhos na modalidade pôster orientados pela professora Líbera. No eixo de Educação em Saúde, o trabalho“Avaliação da adesão à dieta e ao exercício físico para pacientes diabéticos atendidos na Unidade Básica de Saúde do bairro Paraíso no município de Araguari-MG”. No eixo de Ginecologia e Obstetrícia, o trabalho“Pesquisa Científica: Relação da infecção por Gardnerela e lesões precursoras do câncer de colo de útero em mulheres entre 40 e 60 anos no município de Araguari”. “Estamos desenvolvendo novos trabalhos. Temos um projeto sobre drogaspsicoativas, com a Profa. Líbera e outro sobre diabetes e hipertensão com o Prof. Samuel. Temos também um trabalho com a Profa. Fabrícia sobre Insulinoterapia e queremos iniciar um trabalho de humanização com a professora Efigênia”, ressalta.

A estudante enfatizou que a UNIPAC Araguari oferece uma base de ensino de qualidade que permitiu uma boa classificação no congresso. “A maior porcentagem de trabalhos era de universidades federais de todo o Brasil e a UNIPAC Araguari, do interior de Minas, conseguiu o primeiro lugar. Foi muito gratificante entender como a nossa Faculdade é boa. Estamos numa Instituição que está em crescimento, mas as portas estão abertas para os alunos verem que temos a capacidade de estar em qualquer congresso, seja regional, estadual ou até mesmo nacional e ter boas colocações. Nossa faculdade é muito boa. Só precisamos agarrar as oportunidades e crescer com isso”, conclui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...