Suporte básico a atletas e comunidade na XII Copa Araguarina de Jiu-jitsu

      Os alunos de Medicina da Liga de Clínica Médica e Saúde Coletiva (LUCMSC) e da Liga Acadêmica de Anestesiologia, Reanimação e Dor (LAARD) foram convidados para promover a saúde em um evento esportivo. A XII Copa Araguarina de Jiu-jitsu foi realizada no ginásio Zebrinha, em Araguari, no dia 27 de outubro de 2013, onde se uniram em prol da saúde dos lutadores e da população local.
     Os alunos da LAARD acompanharam os atletas durante o evento, atendendo aos traumas possíveis durante as lutas e fazendo as orientações necessárias. Enquanto isso, os alunos da LUCMSC aferiram a pressão arterial sistêmica e mediram a glicemia capilar da população presente, além de responder às suas dúvidas a respeito da saúde.

















Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Alunos do 3º período do curso de Medicina da UNIPAC Araguari realizam ações de saúde na Unidade Básica de Saúde do bairro Brasília

Os estudantes do 3º período do curso de Medicina da Faculdade Presidente Antônio Carlos de Araguari realizaram, no dia 08 de outubro, ações com os pacientes da Unidade de Saúde do bairro Brasília, como parte da disciplina Interação Comunitária III. O grupo realizou diversas atividades interativas abordando os temas diabetes e hipertensão.

De acordo com o estudante de Medicina, Marcos Henrique Domingos, a disciplina proporciona a interação e convívio com os pacientes do SUS. “Nesse período estamos trabalhando com as áreas de hipertensão, diabetes, hanseníase e outras doenças. Nós dividimos a sala em grupos e fizemos teatros sobre a diabetes e hipertensão. Além disso, nós oferecemos um lanche com menos sal e frutas para iniciar uma reeducação alimentas com os pacientes”, comenta.

Durante o evento os estudantes realizaram aferição de pressão, medida de peso e circunferência abdominal. Os pacientes também puderam participar de uma brincadeira de perguntas e respostas com vários brindes. “Nós vimos como anda a saúde dos pacientes e perguntamos sobre os sintomas das doenças. Nós nos surpreendemos, pois pensamos que as pessoas não estão informadas, mas elas estão sabendo cada vez mais. Antigamente eles não tomavam a medicação corretamente, não conheciam os sintomas, mas hoje se você perguntar para eles sobre o que é preciso fazer para diminuir os sintomas da hipertensão ou diabetes, eles te dão várias dicas. A meu ver, essa posição do governo de construir essas unidades nos bairros melhorou muito a questão da saúde”, ressalta.

Segundo a professora da disciplina, Letícia Rosa Santos, o objetivo é integrar o aluno com a comunidade demonstrando que a medicina que não se resume à área clínica, mas envolve também a interação com o paciente. “O médico não atua apenas na área especializada, mas também na saúde publica e saúde coletiva, então ele devem se empenhar bastante e entender que a relação entre o médico e paciente não começa com o diagnostico da doença, mas com a comunicação. Essa é a parte primordial que vai levar a um bom diagnóstico, um bom tratamento e uma boa adesão do paciente. Saber se comunicar é imprescindível”, completa.


















Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Estudantes da Liga Acadêmica de Endocrinologia da UNIPAC Araguari realizam II Simpósio de Endocrinologia

Os estudantes da Liga Acadêmica de Endocrinologia (LAE) da Faculdade Presidente Antônio Carlos de Araguari realizaram, no dia 02 de outubro, o II Simpósio de Endocrinologia, que abordou diversos temas como obesidade infantil, tireoide e outros. O evento contou com a presença de profissionais e alunos de cursos da área de saúde.

A LAE promove diversos eventos envolvendo a comunidade e os acadêmicos. De acordo com a professora da disciplina de Endocrinologia, Dra. Fabrícia Torres, é uma satisfação observar a iniciativa dos estudantes. "Eu gosto de ver essa dinâmica dos alunos, que tem a preocupação em se reunir para estudar e discutir temáticas importantes. Essa busca me deixa contente, pois sabemos que esses eventos são um norte para o estudo. Ninguém aprende só de estar na sala de aula e ouvir. É preciso estudar e trocar idéias” comenta.

Durante o encontro foram discutidas as temáticas: Distúrbios da Tireoide, com a Dra. Fabrícia Torres; Obesidade Infantil, com a Dra. Maria Regina Ribeiro Gasparin; Osteoporose, com o Dr. Henrique Arantes; e Diabetes Meltiuse suas complicações gerais, com a Dra. Samana Vieira. "Essas temáticas chamam muito a atenção da comunidade. Os distúrbios da tireoide, por exemplo, são muito populares. Muitas pessoas tem um familiar com hipertireoidismo ou um nódulo de tireóide e tem bastante curiosidade sobre o tema. Querem saber por que a pessoa emagrece, por que engorda, se isso está relacionado com o câncer. Dentro da endocrinologia, essas temáticas são muito importantes devido à prevalência das doenças", explica.

A Faculdade Presidente Antônio Carlos de Araguari parabeniza os estudantes da Liga Acadêmica de Endocrinologia pela iniciativa.










Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Trote Universitário “Doe Sangue, Doe Vida”

   A Faculdade Presidente Antônio Carlos de Araguari realizou, no dia 10 de outubro, a segunda edição do Trote Universitário “Doe Sangue, Doe Vida”, voltado a todos os estudantes do 1º período de 2013/2. O Hemocentro de Uberlândia, responsável pela coleta, distribuiu mais de 80 fichas e arrecadou 64 bolsas de sangue.

  De acordo com a coordenadora do projeto, Profa. Rosana de Cássia Oliveira, o trote é uma ação institucional que se estende para além dos muros da unidade. “A nossa Instituição entende que a ação social com a participação de alunos e funcionários da UNIPAC Araguari é muito importante”. A professora afirma que a doação é voltada especialmente para os estudantes de 1º período de todos os cursos. “Um dos objetivos do projeto é mostrar para o aluno que a sua participação enquanto doador é importante no seu processo de ensino-aprendizado”, explica.

   A segunda edição do Trote Universitário superou as expectativas da equipe. “Geralmente são distribuídas 70 fichas, mas conseguimos completar 81 e coletamos 64 bolsas”, ressalta a coordenadora. A colaboradora Cristiane Sakayemura que também participou como doadora de sangue considera esse um ato de extrema importância. “Essa ação ajuda a salvar vidas. Por meio dessas campanhas a UNIPAC Araguari pode abranger um maior número de pacientes que precisam de sangue”, comenta.

   O aluno Marcelo Ribeiro Faria, estudante do 1º período do curso de Medicina, afirma que o Trote Solidário é uma maneira diferente de receber os alunos. “Doar sangue no início do curso é uma forma de ajudar as pessoas pelo que a gente possui, pois estamos começando agora e ainda não temos o conhecimento médico. A doação de sangue nos leva para um lado mais humano, que pensa no paciente além da relação no consultório”. Segundo o aluno, a iniciativa da UNIPAC Araguari é bem vinda. “A faculdade não é lugar apenas para festas ou para estudar. Aprendemos também sobre solidariedade com o próximo. Essa iniciativa deve ser continuada todos os semestres”, destaca.

   O Trote Universitário: Doe Sangue, Doe Vida é aberto a toda a comunidade e irá ocorrer duas vezes ao ano. “Nós estamos contando com a participação de todos os alunos e da população. Nessa edição também aderiram à causa: policiais, professores da rede pública, funcionários da construção civil, entre outros que já haviam participado de campanhas anteriores. Foi um sucesso! A Faculdade Presidente Antônio Carlos de Araguari registra os acontecimentos também às rádios e jornais que generosamente divulgaram o evento. Contaremos com vocês e com todos os doadores na próxima edição que deve ocorrer no final de fevereiro, em 2014”, conclui a coordenadora do projeto.

















Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...