Mesa de debate: Saúde Mental



No dia 19 de março de 2018, o DADG juntamente com o Núcleo de Apoio promoveram a Mesa de debate: Saúde Mental. A atividade teve como objetivo a abordagem de conflitos vividos pelos estudantes da área da saúde. 

Em um primeiro momento, tivemos a participação dos organizadores na recepção dos participantes, bem como na manutenção da ordem do evento. Além disso, a apresentação dos palestrantes, a mediação dos debates e a organização da dinâmica realizada no evento também foram papeis importantes desempenhados pelos organizadores. 

Em um segundo momento, tivemos palestras com os diferentes olhares a respeito do assunto. O aluno do 8º período de medicina, Natan Augusto Caetano de Oliveira, discorreu sobre os principais dilemas enfrentados pelos estudantes da área, entre eles, a rotina, a vida social, falta de sono e ansiedade. Logo após, deu-se início à palestra do Rodrigo Scalia Fernandes, psiquiatra, que elencou os principais fatores que impedem a busca por ajuda a partir de pessoas com sintomas depressivos ou que apresentam qualquer transtorno em sua saúde mental. Além disso, tivemos a participação da psicóloga Luísa Parreira Santos, que palestrou sobre os problemas enfrentados pelos universitários, as consequências da ansiedade e o comportamento suicida. Ademais, a última mensagem foi trazida pelo Juliano Marques, psicólogo do NAAP – Núcleo de Acessibilidade e Apoio Psicopedagógico da Imepac, que falou sobre a adesão e a procura dos estudantes por núcleos de apoio psicopedagógicos. 

Posteriormente, foi feito a divisão dos grupos de debates, os quais tinham temas específicos e eram acompanhados pelos palestrantes. Coube aos organizadores fazerem a dinâmica do grupo e controlar o tempo de debate de cada grupo. Após isso, cada palestrante relatou os principais temas elencados, trazendo a todos tudo aquilo que foi debatido em cada grupo e fazendo um fechamento do assunto abordado. Logo após, os organizadores do evento fizeram um momento dinâmico de entregas de brindes aos palestrantes e sorteio para os participantes. Em um último momento, tivemos o coffee break realizado pelos organizadores. 

Inscreveram-se 113 pessoas, e compareceram 110, sendo a maioria discentes do curso de medicina e alguns profissionais da área da saúde, que foram ouvintes nas palestras e tiveram participação ativa no debate em grupo. 

Atuaram na organização 20 pessoas. Na percepção de Amanda Reis Silva, organizadora do evento, “Foi muito gratificante ver o empenho tanto dos organizadores quanto dos alunos que se dispuseram a escutar e debater sobre um tema tão importante, conseguimos um público considerável de mais de 100 pessoas, o que foi recompensador. Além disso, foi de extrema satisfação o estreitamento das relações com outros curso da faculdade como nutrição e psicologia que presenciaram e participaram do evento. 

A mesa de debate foi muito importante devido a abrangência do tema e competência dos palestrantes. Conseguimos trazer um tema complicado, porem de imprescindível atenção, para o nosso meio através das palestras e dos debates realizados. Foi possível um conhecimento maior do acompanhamento psicológico oferecido pela faculdade através do psicólogo Juliano e também dos meios que podemos recorrer. Ademais, a experiência e pratica que adquirimos como organizadores no que tange a registros, inscrições, divulgação e coordenação foi de suma relevância para o nosso desenvolvimento acadêmico e também aprimoramento de eventos futuros da faculdade.” 

Segundo Ana Raquel Ferreira Borges, “O evento foi um sucesso, superou muito nossas expectativas, principalmente enquanto organizadores. Foram mais de 130 pessoas envolvidas, entre palestrantes e ouvintes, o que nos confirmou a importância do tema e o interesse das pessoas por ele. Convidamos palestrantes incríveis que foram muito elogiados pela forma didática que abordaram os temas e como foram pontuais, mas ao mesmo tempo ideais nas suas falas. No final tivemos a ideia de fazer grupos de debate, para que os alunos debatessem entre si. Foi muito interessante que vários alunos de expressaram, mas ainda foi percebida uma participação mais efetiva de todos, que ou por timidez, por cansaço ou falta de motivação não se pronunciaram. Já estamos ansiosos pelo próximo evento e muito satisfeitos de ver o nosso trabalho concretizado com sucesso.”














Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...