Sobre o Curso

CURSO DE MEDICINA
CENTRO UNIVERSITÁRIO IMEPAC - ARAGUARI


Duração: 06 anos

Turno: Integral – Semestral

Tempo de Integralização: Min. 12 semestres - Max. 18 semestres

Titulação: Bacharel em Medicina (Médico)


Carga Horária Total da Matriz 2015: 8.192 h

Carga Horária Total da Matriz 2018: 8.220 h

Diretor: Prof. Dr. Marcelo Cardoso de Assis

Coordenadora: Profª Drª Maria Regina Franco Ribeiro Gasparin 


Coordenadora Adjunta: Profª Drª Magda Regina Silva Moura

CURSO DE GRADUAÇÃO: MEDICINA

LINK PARA PORTARIA DE RECONHECIMENTO DO CURSO


SOBRE O CURSO


O Curso de Graduação em Medicina tem como objetivo a formação de profissional médico generalista, capaz de atuar na promoção, prevenção, reabilitação à saúde e tratamento de doenças. Realiza atendimentos clínicos e cirúrgicos, em todos os níveis de Atenção à Saúde, com abordagem individual, familiar ou comunitária. O curso oferece a oportunidade de formação integral, por meio de uma articulação entre ensino, pesquisa e extensão/assistência, de profissional com conhecimento, habilidades e atitudes dentro de altos padrões de qualidade. Possibilita ao formando/egresso a tomada de decisões baseadas em evidências científicas, capacidade de liderança no trabalho em equipe multiprofissional e de gerenciamento, de acordo com as Políticas e Ações do Sistema Único de Saúde (SUS).

Os conteúdos abordados na formação do médico são: instrumentos da linguagem – Português, Inglês, Informática – aplicados à sua prática; determinantes sociais, culturais, comportamentais, psicológicos, ecológicos, éticos e legais, nos níveis individual e coletivo, do processo saúde-doença; bases moleculares e celulares dos processos normais e alterados, da estrutura e função dos tecidos, órgãos, sistemas e aparelhos; propedêutica médica; promoção à saúde, diagnóstico, prognóstico e terapêutica nas doenças que acometem o ser humano em todas as fases do ciclo biológico – Gestação, Nascimento, Crescimento e Desenvolvimento, Envelhecimento e Processo de Morte.


O QUE FAZ O PROFISSIONAL

O médico deve estar plenamente qualificado ao final do curso, a conduzir com desenvoltura e total independência uma unidade básica de saúde nos moldes do programa de saúde da família, bem como estar habilitado a exercer atividades médicas em nível secundário sob o prisma da medicina interna. Toda esta atividade deverá estar pautada em atendimento ético e humanístico, com responsabilidade profissional e social; ainda deve ter condições de atuar em conjunto com os demais profissionais de saúde, delegando atribuições a cada nível da atenção à saúde. Deve ter capacidade de liderança quando necessária for a atividade e se adequar à estrutura de saúde pública, buscando o benefício do paciente e da comunidade a que pertence.


O profissional médico deverá manter continuamente a capacidade de aperfeiçoamento, através da busca de aprimoramento técnico em suas bases teóricas e práticas. Deve ainda ser capaz de programar a capacitação dos profissionais que com ele compõe o sistema de saúde.



MERCADO DE TRABALHO

Hospitais, clínicas, postos de saúde, pronto atendimentos, programa de saúde família, consultórios ( com atendimento a particulares ou convênios), órgãos gestores da saúde pública, ambulatórios de empresas, etc.


RECONHECIMENTO DO CURSO






DIREÇÃO DO CURSO

Diretor do Curso: Prof. Dr. Marcelo Cardoso de Assis


Formação Acadêmica:


Doutor em Medicina – Área de Concentração – Neurologia. Universidade de São Paulo (USP). Ano de Conclusão: 2000, Tese: Ecografia Transfontanelar com Fluxo a Cores em Recém Nascidos Prematuros. Orientador: Prof. Dr. Helio Rubens Machado.



Mestre em Medicina – Área de Concentração - Neurocirurgia. Universidade de São Paulo (USP). Ano de conclusão: 2003. Dissertação: “Medida de Velocidade de Fluxo nas Artérias Cerebrais antes e após o Tratamento Cirúrgico da Hidrocefalia” – Orientador: Prof. Dr. Hélio Rubens Machado.



Graduação em Medicina – Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte - MG. Ano de conclusão: 1979. 



Especialização em Neurologia – Modalidade: Residência Médica – Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG. Ano de Conclusão: 1982.



Especialização em Neurocirurgia – Modalidade: Residência Médica – Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – MG. Ano de Conclusão: 1982.



Especialista em Neurocirurgia pela Sociedade Brasileira de Neurocirurgia e Associação Médica Brasileira.



Especialista em Neurologia com registro no Conselho Federal de Medicina.



Especialista em Neurocirurgia com registro no Conselho Federal de Medicina.



Experiência Profissional: 



Acadêmica:


Professor Colaborador - Disciplina de Neuroanatomia da Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Ano 1980 – Responsável: Prof. Augusto Virgílio Fonseca.



Professor Colaborador - Disciplina de Neurologia da Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Ano 1980 e 1981 – Responsável: Prof. José de Araujo Barros.

Professor concursado da Disciplina de Neurologia do Departamento de Cirurgia da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Uberlândia – Ano 1986 a 2011.


Professor Convidado da Disciplina de Neurocirurgia do Departamento de Cirurgia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (USP) – Período de 1990 a 1994.



Preceptor de Residência Médica em Neurocirurgia do Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Uberlândia. Período de 1986 a 2002.



Preceptor de Residência Médica em Neurocirurgia do Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (USP) – Período de 1995 a 2000.



Preceptor Colaborador da Residência Médica em Radiologia – Setor de Ultrassonografia – do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia – Período de 1990 a 2008.



Professor Titular da Disciplina de Clínica Médica e Cirúrgica – Setor de Neurologia – da Faculdade de Medicina da Universidade Presidente Antonio Carlos – Período: desde 2009.



Preceptor do Internato em Ambulatório Didático de Práticas Médicas – Setor de Neurologia – da Policlínica da Secretaria de Saúde do Município de Araguari e Faculdade de Medicina da UNIPAC – Período: desde 2009.



Coordenador da Disciplina de Clínica Médica e Cirúrgica da Faculdade de Medicina da UNIPAC-Araguari (MG) – Período: de 2009 a agosto de 2012.



Coordenador Geral do Internato



Avaliador de Artigos Científicos da Revista Médica “Arquivos de Neuropsiquiatria”, revista indexada nacional. Período: desde 1999.



Gestão no Ensino Superior:



Fundador e Coordenador do Setor de Neurossonografia do Departamento de Radiologia do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia – Período 1988 a 2008.



Coordenador da Disciplina de Neurologia da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) – Período de 1992 a 2002.



Membro Titular da Banca Examinadora do Concurso de Residência Médica na área de Neurocirurgia do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia de Uberlândia (UFU) – Período: 1990 a 2000.



Presidente da Comissão Julgadora em Concurso Público Docente do Departamento de Cirurgia – Área de Neurocirurgia – da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) - Realizado no período de 15 a 17 de dezembro de 1993.



Presidente da Comissão Julgadora em Concurso Público Docente do Departamento de Cirurgia – Área de Neurologia – da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) – Realizado no período de 15 a 16 de abril de 1996.



Presidente da Comissão Julgadora em Concurso Público Docente do Departamento de Cirurgia – Área de Neurocirurgia – da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) – Realizado no período de 15 a 17 de dezembro de 1993.



Membro da Comissão Julgadora em Concurso Público Docente do Departamento de Cirurgia – Área de Neurocirurgia – da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) – Realizado no período de 27 a 28 de setembro de 2012.



Não Acadêmica:

Fundador e Membro da Primeira Diretoria da Associação Mineira de Médicos Residentes (AMIMER) – Belo Horizonte – 1980 a 1982. 



Vice-Delegado do Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais – Seccional de Araguari (MG) – 1989 a 1990.



Diretor Científico da Associação Médica de Araguari – Araguari (MG) – Gestão 1988 a 1990.



Diretor Clínico do Instituto de Imagens em Medicina em Araguari – Araguari (MG) – Período: 2004 a 2010.



Diretor Clínico do Centro de Tomografia Computadorizada em Araguari – Araguari (MG) – Período: 2000 a Maio de 2012.



Médico Assistente do Serviço de Neurocirurgia do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) – Período de 1986 a 2006.



Médico Assistente, Concursado, do Serviço de Neurocirurgia do Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) – Período de 1989 a 1995.



Membro do Conselho de Administração do Hospital Santa Casa de Araguari – Araguari (MG) – Período: Desde 2011.




COORDENAÇÃO DO CURSO

Coordenadora do curso:   Profª Drª Maria Regina Franco Ribeiro Gasparin

Formação Acadêmica:


Doutorado em Medicina – Área de Concentração: Endocrinologia.  Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.
Título: Caracterização Clínica e Estudo do Gene WFS1 na Síndrome de Wolfram, Ano de obtenção: 2007.
Orientadora: Profa. Dra. Regina Célia Mello Santiago Moisés.

Especialização - Residência médica em Endocrinologia e Metabologia.
Faculdade de Medicina de Marília (FAMEMA) -  Marília – SP. Ano de conclusão: 2004

Título de Especialista em Endocrinologia e Metabologia pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, com registro no Conselho Federal de Medicina. Ano de obtenção: 2003

Especialização - Residência médica em Clínica Médica.
Faculdade de Medicina de Marília (FAMEMA) -  Marília – SP. Ano de conclusão: 2002

Graduação em Medicina - Faculdade de Medicina de Marília (FAMEMA) -  Marília – SP. Ano de conclusão: 1999



Formação Complementar:

Instrutora de Suporte Básico de Vida (SBV) – Basic Life Suport (BLS) pela American Heart Association

Instrutora de Simulação na Área da Saúde com os cursos:
Advanced Instructor Course, no ano de 2019, pelo Center For Medical Simulation (CMS). Boston – MA – EUA 

Comprehensive Instructor Course, no ano de 2018 pelo Center For Medical Simulation, CMS - Boston – MA – EUA 

Especialização em Preceptoria de Residência Médica no SUS, pelo Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa, IEP/HSL, Brasil.



Experiência Profissional na área acadêmica: 

Membro do Núcleo Docente Estruturante do curso de Medicina do Centro Universitário IMEPAC – Araguari desde 2011
Membro do Colegiado do curso de Medicina do Centro Universitário IMEPAC – Araguari desde 2011

Coordenadora da disciplina Clínica Médica do curso de Medicina da UNIPAC de 2013 a 2014 

Coordenadora da Unidade Integrada de Ensino Clínica Médico-Cirúrgica do curso de Medicina do IMEPAC 2014 a julho de 2020.

Coordenadora Adjunta do Curso de medicina do Centro Universitário IMEPAC Araguari de julho de 2020 a fevereiro de 2022.




Coordenadora Adjunta: Profª Drª Magda Regina Silva Moura

Formação Acadêmica:

Doutorado em Programa de pós graduação em Ciências da Saúde. Universidade Federal de Uberlândia, UFU, Brasil.
Título: Trajetórias e Fatores associados à Qualidade de vida de mães de pré- termo de muito baixo peso aos três anos pós-parto, Ano de obtenção: 2016.
Orientador: Carlos Henrique Martins Silva.


Mestrado em Ciências da Saúde (Conceito CAPES 5).
Universidade Federal de Uberlândia, UFU, Brasil.
Título: Qualidade de Vida em mães de Pré-termos de Muito Baixo Peso, Ano de Obtenção: 2011.
Orientador: Carlos Henrique Martins da Silva.


Especialização - Residência médica Pediatra. Ano Conclusão: 1990
Universidade Federal de Uberlândia, UFU, Brasil. Residência médica em: Pediatria e Neonatologia


Especialização - Residência médica Neonatologia. Ano Conclusão: 1992
Universidade Federal de Uberlândia, UFU, Brasil. Residência médica em: Pediatria e Neonatologia.


Graduação em Medicina. Ano Conclusão: 1988
Universidade Federal de Uberlândia, UFU, Brasil.




Experiência profissional


Prestação de serviços como Médica Assistência Neonatal Fundação de Assistência, Estudo e Pesquisa de Uberlândia, FAEPU, Brasil. 1992-1995

Servidora pública como Médica Assistente Serviço Neonatologia UFU, Carga horária: 40 de 1995 a 2021

Prestação de serviços como Tutora Programa de Assistência Perinatal MG 2014 a 2015

Prestador de serviço, Enquadramento Funcional: Médica Neonatologista UTI Neonatal NEOCENTRO Hospital Santa Catarina Uberlândia MG 1998 a 2012

Docente titular IC Centro Universitário IMEPAC Araguari MG, Brasil. Área Atenção integral à Saúde da Criança desde 2013

Docente adjunta Faculdade IMEPAC Itumbiara GO, Brasil. Área Atenção integral à Saúde da Criança desde 2020

Coordenadora UEI Saúde da Criança – Medicina Araguari desde 2018



Coordenação adjunta Curso Medicina IMEPAC Araguari desde 2022






NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE – NDE

Prof. Dr. Alexandre Gonçalves

Profª. Ms. Fabrícia Torres Gonçalves

Prof. Dr. Henrique Pierotti Arantes

Profª. Ms. Ivana Cardoso de Melo

Profª Drª Magda Regina Silva Moura

Prof. Ms. Marcos Paulo de Sousa

Prof. Ms. Maria Claudia Candida Rodrigues

Profª. Drª. Maria Regina Franco Ribeiro Gasparin (Presidente)



NÚCLEO DE AVALIAÇÃO - NAV

Profª Drª Carina Mori Frade Gomes Chebel

Profª Ms. Fabrícia Torres Gonçalves

Profª Drª Juliana Pontes Pinto Freitas

Prof. Dr. Márcio Aurélio da Silva

Profª Esp. Mariana Salomão Daud Arantes

Profª. Esp. Mônica Lima França





OBJETIVOS DO CURSO

Objetivos Gerais


I. Atenção à saúde: os profissionais de saúde, dentro de seu âmbito profissional, devem estar aptos a desenvolver ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde, tanto em nível individual quanto coletivo. Cada profissional deve assegurar que sua prática seja realizada de forma integrada e contínua com as demais instâncias do sistema de saúde, sendo capaz de pensar criticamente, de analisar os problemas da sociedade e de procurar soluções para os mesmos. Os profissionais devem realizar seus serviços dentro dos mais altos padrões de qualidade e dos princípios da ética/bioética, tendo em conta que a responsabilidade da atenção à saúde não se encerra com o ato técnico, e sim com a resolução do problema de saúde, tanto em nível individual como coletivo;



II. Tomada de decisões: o trabalho dos profissionais de saúde deve estar fundamentado na capacidade de tomar decisões visando o uso apropriado, eficácia e custo-efetividade da força de trabalho, de medicamentos, de equipamentos, de procedimentos e de práticas. Para este fim, os mesmos devem possuir competências e habilidades para avaliar, sistematizar e decidir as condutas mais adequadas, baseadas em evidências científicas;



III. Comunicação: os profissionais de saúde devem ser acessíveis e devem manter a confidencialidade das informações a eles confiadas, na interação com outros profissionais de saúde e o público em geral. A comunicação envolve comunicação verbal, não-verbal, habilidades de escrita e leitura, o domínio de, pelo menos, uma língua estrangeira, e de tecnologias de comunicação e informação;



IV. Liderança: no trabalho em equipe multiprofissional, os profissionais de saúde deverão estar aptos a assumir posições de liderança, sempre tendo em vista o bem-estar da comunidade. A liderança envolve compromisso, responsabilidade, empatia, habilidade para tomada de decisões, comunicação e gerenciamento de forma efetiva e eficaz;



V. Administração e gerenciamento: os profissionais devem estar aptos a tomar iniciativas, fazer o gerenciamento e administração tanto da força de trabalho quanto dos recursos físicos e materiais e de informação, da mesma forma que devem estar aptos a serem empreendedores, gestores, empregadores ou lideranças na equipe de saúde; e



VI. Educação permanente: os profissionais devem ser capazes de aprender continuamente, tanto na sua formação, quanto na sua prática. Desta forma, os profissionais de saúde devem aprender a aprender e ter responsabilidade e compromisso com a sua educação e o treinamento/estágios das futuras gerações de profissionais, mas proporcionando condições para que haja benefício mútuo entre os futuros profissionais e os profissionais dos serviços, inclusive, estimulando e desenvolvendo a mobilidade acadêmico/profissional, a formação e a cooperação por meio de redes nacionais e internacionais.



Objetivos Específicos

I – Promover estilos de vida saudáveis, conciliando as necessidades tanto dos seus clientes/pacientes quanto as de sua comunidade, atuando como agente de transformação social;


II – Atuar nos diferentes níveis de atendimento à saúde, com ênfase nos atendimentos primário e secundário;



III - Comunicar-se adequadamente com os colegas de trabalho, os pacientes e seus familiares;



IV - Informar e educar seus pacientes, familiares e comunidade em relação à promoção da saúde, prevenção, tratamento e reabilitação das doenças, usando técnicas apropriadas de comunicação;



V - Realizar com proficiência a anamnese e a consequente construção da história clínica, bem como dominar a arte e a técnica do exame físico;



VI - Dominar os conhecimentos científicos básicos da natureza biopsicosocio-ambiental subjacentes à prática médica e ter raciocínio crítico na interpretação dos dados, na identificação da natureza dos problemas da prática médica e na sua resolução;



VII - Diagnosticar e tratar corretamente as principais doenças do ser humano em todas as fases do ciclo biológico, tendo como critérios a prevalência e o potencial mórbido das doenças, bem como a eficácia da ação médica;



VIII - Reconhecer suas limitações e encaminhar, adequadamente, pacientes portadores de problemas que fujam ao alcance da sua formação geral;



IX - Otimizar o uso dos recursos propedêuticos, valorizando o método clínico em todos seus aspectos;



X - Exercer a medicina utilizando procedimentos diagnósticos e terapêuticos com base em evidências científicas;



XI - Utilizar adequadamente recursos semiológicos e terapêuticos, validados cientificamente, contemporâneos, hierarquizados para atenção integral à saúde, no primeiro, segundo e terceiro níveis de atenção;



XII - Reconhecer a saúde como direito e atuar de forma a garantir a integralidade da assistência entendida como conjunto articulado e contínuo de ações e serviços preventivos e curativos, individuais e coletivos, exigidos para cada caso em todos os níveis de complexidade do sistema;



XIII - Atuar na proteção e na promoção da saúde e na prevenção de doenças, bem como no tratamento e reabilitação dos problemas de saúde e acompanhamento do processo de morte;



XIV - Realizar procedimentos clínicos e cirúrgicos indispensáveis para o atendimento ambulatorial e para o atendimento inicial das urgências e emergências em todas as fases do ciclo biológico;



XV - Conhecer os princípios da metodologia científica, possibilitando-lhe a leitura crítica de artigos técnico-científicos e a participação na produção de conhecimentos;



XVI - Lidar criticamente com a dinâmica do mercado de trabalho e com as políticas de saúde;



XVII - Atuar no sistema hierarquizado de saúde, obedecendo aos princípios técnicos e éticos de referência e contra-referência;



XVIII - Cuidar da própria saúde física e mental e buscar seu bem-estar como cidadão e como médico;



XIX - Considerar a relação custo-benefício nas decisões médicas, levando em conta as reais necessidades da população;



XX - Ter visão do papel social do médico e disposição para atuar em atividades de política e de planejamento em saúde;



XXI - Atuar em equipe multiprofissional; e



XXII - Manter-se atualizado com a legislação pertinente à saúde.




PERFIL DO EGRESSO

Formar o médico com visão generalista, humanista, crítica e reflexiva, capacitado para a atuação nas doenças mais prevalentes da população de sua região, bem como para o reconhecimento e atenção às necessidades sociais, com ações de promoção, prevenção, recuperação e reabilitação à saúde, na perspectiva da integralidade da assistência.


O médico deve estar plenamente qualificado, ao final do curso, a conduzir com desenvoltura e total independência uma unidade básica de saúde nos moldes do programa de estratégia de saúde da família, bem como estar habilitado a exercer atividades médicas em nível secundário sob o prisma da medicina interna. Toda esta atividade deverá estar pautada em atendimento ético e humanístico, com responsabilidade profissional e social.



O exercício profissional deve estar baseado na capacidade de organização do conhecimento adquirido ao longo do curso, em sua aplicação racional, utilizando-se dos recursos complementares (dentro de suas reais necessidades) e principalmente objetivando a plenitude da manutenção da saúde, seu restabelecimento ou ainda o conforto físico e emocional quando as condições anteriores não puderem ser alcançadas.



O médico deve ter condições de atuar em conjunto com os demais profissionais de saúde, delegando atribuições a cada nível de atenção à saúde. Deve ter capacidade de liderança quando necessária for à atividade e adequar-se à estrutura de saúde pública, buscando o benefício do paciente e da comunidade a que pertence.



Espera-se ainda que o médico egresso do IMEPAC mantenha continuamente a capacidade de aperfeiçoamento, por meio da busca de aprimoramento técnico em suas bases teóricas e práticas. Deve ainda ser capaz de implementar a capacitação dos profissionais que com ele compõem o sistema de saúde e da produção de novos conhecimentos por meio do estabelecimento de pesquisas contínuas.




LABORATÓRIOS ESPECIALIZADOS DO CURSO

- Laboratório de Anatomia I

- Laboratório de Anatomia II

- Laboratório de Patologia e Técnica Cirúrgica

- Laboratório de Técnica Dietética e Processamento dos Alimentos

- Laboratório de Histologia

- Laboratório de Químicas, Bioquímicas e Imunogenética

- Laboratório de Microbiologia e Parasitologia

- Laboratório de Farmacotécnica, Farmacognosia e Botânica

- Laboratório de Fisiologia e Avaliação Nutricional

- Laboratório de Biologia Celular e Embriologia

- Laboratório de Semiologia e Habilidades I

- Laboratório de Semiologia e Habilidades II

- Laboratório de Semiologia e Habilidades III

- Laboratório de Semiologia e Habilidades IV

- Laboratório de Semiologia e Habilidades V

- IML

- Almoxarifado

- Sala Técnica

- Acervo