COMISSÃO NACIONAL APROVA PROJETO QUE PREVÊ DOZE VAGAS DE RESIDÊNCIA MÉDICA PARA ARAGUARI


Em reunião da Câmara Técnica e Plenária da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), ocorrida entre os dias 24 e 26 de fevereiro, em Brasília-DF, foi autorizado o credenciamento do projeto do Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos – IMEPAC Araguari de residência médica em Medicina da Família e Comunidade. Serão doze vagas ofertadas, seis para R1 (residente de primeiro ano) e seis para R2 (residente de segundo ano), tendo início em 2016.

Segundo decreto do Ministério da Educação, a residência médica é uma modalidade de ensino de pós-graduação, sob a forma de curso de especialização, que funciona em instituições de saúde, sob a orientação de médicos com elevada qualificação ética e profissional.

“A residência é o ‘padrão ouro’ da especialização do médico. Com mais este avanço, o IMEPAC Araguari contribuirá para a qualificação dos médicos residentes e fixação dos mesmos em nossa região, além da melhoria dos serviços de saúde”, afirmou o Dr. Henrique Pierotti Arantes, subcoordenador do curso de Medicina do IMEPAC Araguari.

A residência médica para Medicina da Família e Comunidade visará formar profissionais mais envolvidos na atenção primária em Saúde. Eles atuarão nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e na Estratégia da Saúde da Família (ESF), com atividade na Santa Casa de Misericórdia e no IMEPAC Araguari.

O próximo passo da instituição será a solicitação de cadastramento dos projetos de residência médica em Pediatria e Clínica Médica, a se realizar em maio. Após o cadastramento, membros do CNRM agendam uma visita para averiguar a estrutura local e avaliar os projetos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...