Novo Regimento Interno da CLAM é aprovado durante assembléia


A Coordenadoria da Ligas Acadêmicas de Medicina (CLAM) juntamente com o Diretório Acadêmico Diogo Guimarães (DADG) realizaram no dia 07 de abril uma Assembléia Geral para os discentes do curso. O principal objetivo da atividade foi apresentar o novo Regimento Interno da CLAM, explicando as modificações propostas e sua importância.

Em um primeiro momento, a Profª. Rejane Rubio, coordenadora da Comissão Própria de Avaliação (CPA), explicou aos presentes o que é a avaliação institucional e a própria CPA, além de abordar seu valor para a obtenção de melhorias tanto para a instituição quanto para o curso de Medicina. 

Posteriormente, Othon Gautier Resende, vice Presidente da CLAM e coordenador do DADG, auxiliado por Nelson Donizete Junior, segundo coordenador do DADG, destacou a importância das ligas acadêmicas. Sustentadas pelo tripé extensão, pesquisa e ensino, as ligas visam à regulamentação da fundação e funcionamento das mesmas. Uma videoconferência com membros da ABLAM (Associação Brasileira de Ligas Acadêmicas) reforçou o tema, demonstrando a necessidade de organização e regulamentação.

Encerrada as explanações, foi lida e explicada a proposta do novo Regimento Interno da CLAM. Após a discussão dos pontos conflitantes e sugestão de alterações, o novo regimento foi votado e aprovado.

Segundo Isabel Cunha, aluna do 3º período e presidente da CLAM, o evento foi relevante justamente por discutir a situação das ligas acadêmicas, um tema do interesse de todos os estudantes do curso. “É necessário que todas as ações da CLAM sejam divulgadas e debatidas, para que as decisões finais sejam justas, igualitárias e aplicáveis”, completou.

Apesar da pouca representatividade estudantil, todos os presentes ouviram e participaram ativamente das mudanças no estatuto que, certamente, vão trazer melhorias significativas no funcionamento das ligas.












Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...